sexta-feira, outubro 24, 2008

Seremos PÓ

Já fui carne,
Agora sou pedra!
Pedra que tu partiste e transformaste em poeira!
Ainda me pegaste carinhoso, arrependido
Nessas mãos delicadas.
Mas sopraste-me para o ar,
Por cima da montanha,
Por cima do rio...
E fiquei por aí, solta, perdida,
Desfragmentada!
Um dia quando tiveres sede,
E te debruçares sobre o leito para beber,
Junta as tuas mãos de pedra,
E sorve a água onde me deixaste,
Respira o ar onde me sopraste
E voltarei a viver!
Nesse dia, voltarei a fazer parte de ti!
Nesse dia seremos os dois pó,
Nesse dia, amor, seremos um só!


AS

8 comentários:

Tentativas Poemáticas disse...

Como eu entendo tão bem destas coisas! Sou catedrático, sabia? Porque ando sempre enamorado. E, por vezes, lá me transformam em pó...
Quando termino o meu poema "Adormecer" e refiro a explosão a ideia foi: AVC, trombose, enfarte, ou coisa do género.
Desejo que saiba aguentar a crise, sobretudo sem "explosões" :)
Beijinho com ternura.
António

Anónimo disse...

muito bonito
beijos
Susana

Chinoca disse...

Espero, desejo, que a vida um dia te permita viver o amor sem limitações de distância, de dúvidas, de ..., de ...
Mas viver sem "mas" é ficção, por isso desejo que quando um deixar de remar o outro o faça. Isso, ás vezes é o mais difícil!
Beijinho grande!

Alma disse...

Olá António!
É só para dizer que não estou em crise... ;) Este texto será talvez a representação dos "se,se" da nossa vida. Aquele pertérito imperfeito que tantas vezes nos tira o sossego da alma!
Enquanto não somos pó, somos vida... e eu agora respiro, também suspiro! E às vezes tenho medo. Escusado será dizer em que ocasião escrevi isto...
Um abraço
Obrigada pela visita!

Tentativas Poemáticas disse...

Fico feliz por saber que está tudo bem consigo.
Sabe como a estimo.
Beijinho com ternura.
António

Tentativas Poemáticas disse...

Olá Sofia
Vai divertir-se nesta noite de Halloween?
Vim desejar-lhe bom fim-de-semana.
Beijo
António

Alma disse...

Olá António!!:)
Claro que me vou divertir neste dia... Tenho uma amiga bruxa (faz anos nesse dia). Portanto vai ser divertimento em grande!
Obrigada pela sua sempre agradável visita.
Para a proxima espero ter um novo texto.
Um abraço.
Alma

Chinoca disse...

Ai, esse sentimento de nos sentirmos agarrados, mas de seguida demasiado soltos...
Muito bonito
Beijo