quarta-feira, março 19, 2008

PAI

Hoje é o dia do pai. E é sempre tão complicado dizer alguma coisa neste dia ao homem mais importante das nossas vidas. Bem, eu falo por mim. Custa-me pegar no telefone e ligar para dizer: “pai, gosto muito de ti”. Porque nos custa tanto dizer que amamos alguém, quando de facto esse sentimento existe? Dizer “amo-te” da boca para fora é fácil, mas dizê-lo com sentimento é mais complicado.
Quantas vezes este homem me pegou ao colo, me mandou ao ar, (que ficamos com aquela sensação estranha no estômago, sabe?). Quantas vezes ele me chamou princesa. Quantas vezes o seu olhar me envolveu em ternura e orgulho. Quantas vezes ele me corrigiu para eu ser melhor… oh pai, desculpa não ter percebido que tudo que fizeste foi por amor. Eu sei que queres que eu seja feliz. E compreendo a tua constante preocupação. Compreendo agora… Foi tarde? Eu sei que te magoei, sei que te arranquei o coração quando te abandonei. Mas também o meu coração está magoado por sentir esta constante culpa. Pai, desculpa! Volta para mim!
Vamos esquecer o tempo de silêncio que nos afastou. Vamos voltar a ser amigos!
Preciso de ti. Olha-me nos olhos, eu continuo a amar-te, não duvides disso. És o meu orgulho, és o meu chão, o meu tecto, a minha casa…és tudo!
Os nossos corações são tão parecidos, estão tão magoados que receio que não voltemos a ser o que fomos. Já não conseguimos remendar isto… de qualquer forma só te queria dizer que tenho saudades do tempo em que nos olhávamos nos olhos e sorriamos um para o outro. Agora só não te consigo sorrir porque sei que te magoei, tenho essa culpa. E tu porque não me sorris? Porque te desiludi… eu sei, desculpa!
Pai, eu estou feliz. Não à tua maneira, é uma realidade, mas à minha!
Não sei mais que te diga, senão que te amo muito. Também sei que me amas!
E apesar do meu silêncio, do meu olhar que evita encontrar o teu, trago-te sempre no coração.
Tenho saudades nossas!
Beijo no coração!

2 comentários:

susana disse...

por favor liga ao teu pai e abre o coração! beijo Susan

Chinoca disse...

Deves fazê-lo, enquanto é tempo! Vais ser mais feliz quando os vossos corações se reencontrarem!